skip to Main Content
Como A Pandemia Impactou No Financeiro Das Pequenas Empresas?

Como a pandemia impactou no financeiro das pequenas empresas?

79

Como a pandemia impactou no financeiro das pequenas empresas?

 

 

A pandemia do novo Coronavírus apresentou novas realidades ao empreendedor. Seja pela diminuição nas vendas ou pela alta procura de produtos essenciais, os empresários de pequenos negócios estão adaptando-se pouco a pouco ao novo comportamento do consumidor.

O impacto no financeiro das pequenas empresas foi avassalador, já que nenhum empreendimento estava preparado para uma pandemia. O novo Coronavírus é uma questão de saúde pública em âmbito global e seu efeito causou imprevistos preocupantes ao mercado.

Uma das recomendações dos órgãos mundiais de saúde é, justamente, não sair de casa, nem mesmo para realizar certas compras não tão necessárias. Com a nova medida de segurança, as pessoas saem menos às ruas e menos compras são feitas. Com isso, os pequenos empreendimentos que não possuíam serviço de entrega ou plataforma online tiveram que adaptar seus sistemas rapidamente.

Tipos de pequenos negócios mais afetados pela pandemia do novo Coronavírus

O impacto sentido no financeiro de pequenas empresas foi mais intenso para aquelas que oferecem itens de baixa necessidade. Veja abaixo a relação:

• Vestuário;

• Artigos esportivos;

• Docerias;

• Materiais de escritório;

• Lojas de artigos a R$1,99.

O fenômeno também atinge pequenas empresas que comercializam itens de luxo ou compras que geralmente são feitas por impulso. Para que a queda no lucro do financeiro das pequenas empresas seja minimizada, muitos locais estão optando por oferecer seus produtos em grandes sites de venda. A iniciativa acarreta em baixo investimento por parte do empreendedor e apresenta uma nova realidade, que pode se tornar o carro-chefe do negócio.

Tipos de negócios menos afetados pela pandemia do novo Coronavírus

Enquanto pequenos negócios sofrem com a pandemia, outros empreendimentos de mesmo tamanho estão percebendo aumento nas vendas. Isso acontece, pois itens de extrema necessidade continuam vendendo como nunca. Confira a lista dos negócios que continuam fortes durante a crise:

• Mercados e mercearias;

• Farmácias e higiene geral;

• Padarias.

Farmácias devem reforçar o estoque de produtos essenciais como: papel higiênico, álcool em gel, máscaras, luvas cirúrgicas, sabonetes e outros itens de higiene pessoal. Já os pequenos mercados, necessitam manter seus estoques em alimentos básicos comuns ao brasileiro, como: arroz, feijão, enlatados, batatas, etc.

Estratégias para aumentar as vendas durante o período de crise

O balanço negativo do financeiro das pequenas empresas em 2020 pode causar o fechamento de diversos empreendimentos promissores. Para que isso não aconteça, estratégias são traçadas de forma que seja possível segurar as pontas durante a crise. Uma delas é migrar parte do negócio para o ambiente online.

Apesar de parecer desafiador no início, o pequeno empreendedor deve estar atualizado em relação às novas tecnologias do mercado. Confira quais medidas podem ser adotadas para mudar a realidade do financeiro das pequenas empresas neste período:

• Hospedar os produtos em sites gratuitos de vendas;

• Criar redes sociais para conquistar mais clientes;

• Pesquisar o que negócios concorrentes estão fazendo durante a pandemia;

• Verificar quais produtos possuem maior demanda entre os clientes já fidelizados.

O Sebrae veem editando vários protocolos e boas práticas para a retomada da economia em vários segmentos do mercados, tais como:

Mercearias e minimercados;

Lojas de rua e lojas de Shopping;

Feiras livres;

Panificadoras e confeitarias;

Bares, restaurantes e lanchonetes;

Salão de beleza, barbearias, manqueadores e  clinicas de estéticas;

Lojas de vestuários, lojas de varejo, lojas de acessórios e atacarejo;

Negócio para PET;

Academias de Ginásticas;

Clinicas de Saúde;

Instituições de longa permanência para idosos..

Conheça boas práticas para a retomada do desenvolvimento local

Boletim Recuperação Local é uma iniciativa do Sebrae e CNM com experiências dos municípios sobre como os pequenos negócios podem voltar a movimentar a economia.

Você também poderá ler outros assuntos relacionados acessando nosso blog, como por exemplo:

Como superar a crise e melhoras as finanças da minha empresa

 

Back To Top